Miguel Alves: “Este é um ano atípico, um ano como nunca vivemos e tivemos que reinventar toda a programação cultural”

Miguel Alves: “Este é um ano atípico, um ano como nunca vivemos e tivemos que reinventar toda a programação cultural”

Escrito em 30/07/2020
Rádio Alto Minho

Sobre este novo conceito, Miguel Alves sublinha “a organização encontrou uma fórmula equilibrada para manter acesa a chama da Meca da Cerveja Artesanal, ao mesmo tempo que se preocupa com a saúde das pessoas e garante que a imagem de confiança que Caminha criou permaneça em alta.”

Na edição deste ano serão realizados vídeos em direto com os melhores especialistas sobre harmonização de cervejas.

Este conceito do E-Artbeerfest surge na sequência da pandemia provocada pela Covid-19, que resultou no cancelamento do evento que teria decorrido de 9 a 12 de julho. Assim, os fãs deste grande evento que é uma das marcas de verão do Município de Caminha, podem “curtir” o Artbeerfest sem sair de casa através do E- Artbeerfest. “Este é um ano atípico, um ano como nunca vivemos e tivemos que reinventar todos os eventos e toda a programação cultural. O Artbeerfest está aí, ao alcance de um click e vai regressar mais forte quando pudermos beber uma cerveja artesanal enquanto dançamos com aqueles de quem mais gostamos”, refere o presidente da Câmara de Caminha.

Em colaboração com 26 produtores nacionais de cerveja e parceiros de logística, e-commerce e meios de comunicação, desenvolveram-se 2 packs cervejeiros para entrega direta ao domicílio, onde os consumidores podem experienciar as cervejas que estariam em degustação em Caminha na sua 8.ª edição.

Para além das cervejas, no E-Artbeerfest o público é convidado a viajar virtualmente no epicentro do festival nos dias 31 de julho e 1 de agosto, ligando-se através de um código atribuído para chats com cervejeiros e personagens de Caminha; podem visualizar vídeos promocionais das 7 edições anteriores; assistir e intervir com as receitas de harmonização cerveja-comida com a Chef de cozinha caminhense Margarida Rego; ouvir a play list musical escolhida pelos cervejeiros e oficial do evento, terminando com um set de DJ diretamente de Berlim, pelo DJ Rodrigo da Matta, músico presente nas 7 edições do festival, desde 2013.