Voltar à lista

Bombeiros Municipais de Viana do Castelo

s/nº R. de São Vicente Viana do Castelo


A protecção civil, em sentido lato, é o conjunto das actividades desenvolvidas com o objectivo de prevenir, limitar e fazer face aos efeitos dos acidentes graves e das catástrofes, socorrendo pessoas e protegendo os seus bens.

Em Viana do Castelo esta actividade tem sido desenvolvida, de forma organizada, pelo Corpo de Bombeiros Municipais desde 1780, e pela Associação de Bombeiros Voluntários desde 1881, com o apoio de outras instituições de solidariedade social e, nas situações mais graves, das forças de segurança e militares. 

As diferentes formas de prever os riscos a que estamos sujeitos, seja através de métodos probabilísticos, matemáticos, ou a monitorização, implicam sempre o conhecimento dos acontecimentos passados.

Nesse sentido tem-se procurado sistematizar e organizar, através de um exaustivo trabalho de pesquisa, a relação dos desastres (que na actual nomenclatura se designam por acidentes, acidentes graves e catástrofes), que afectaram as gentes e o território do Município de Viana do Castelo.

Limitados por um lado, pela origem, método e conteúdo dos diversos elementos estatísticos que conseguimos recolher, pela sua inexistência, ou ainda pelos curtos períodos de tempo em que aqueles estão disponíveis, optou-se por considerar toda a informação publicada na imprensa periódica local e/ou regional, ou daqueles que foram objecto de referência em publicações, estudos, etc.)

Não abarcando todo o universo dos eventos permite-nos, no entanto, ter uma perspectiva abrangente daqueles que, com maior gravidade, atingiram as pessoas e os seus bens, já que o seu impacte foi objecto de atenção e de publicação.

Trabalho necessariamente incompleto, em permanente actualização e correcção, e para o qual se solicita a colaboração de todos, dando as suas opiniões, no aperfeiçoamento dos dados disponibilizados, ou apresentando novos eventos desconhecidos, contributo que enriquecerá esta memória património colectivo dos Vianenses.